Categorias
ciência notas

Conferência do ImageJ

Acaba de ser anunciada a segunda conferência dos usuários e desenvolvedores do ImageJ! Será em Luxemburgo nos dias 6 e 7 de Novembro de 2008. O link para o site da conferência segue abaixo:

http://imagejconf.tudor.lu/

Categorias
ciência notas

Faculty of 1000

Acabei de descobrir esse site!

www.facultyof1000.com

Nele aproximadamente 5000 cientistas “top do mundo” recomendam artigos científicos importantes, interessantes, controversos, etc… Em menos de 5 minutos mexendo eu encontri coisas bem legais! Ele tem uma seção de Biologia e outra de Medicina, obviamente olhei os artigos de biologia, especialmente de biologia do desenvolvimento.

Ainda tem coisitas legais como listar os “top 10”, os mais acessados, e as “pérolas escondidas”… Mais uma prova que a internet pode ajudar a ciência muito além do nosso velho conhecido email. Seria legal se usuários comuns pudessem deixar sua opinião sobre os artigos…

Putz, acabei de ver que para acessar talvez precise de assinatura da universidade… 🙁 Quando voltar pra casa faço o teste.

[edit] Continuo sem saber, consegui acessar de fora da rede da USP (colocando o login e tal…), mas ainda estou em dúvida. Tinha algo de 7 dias grátis… e ainda fazem 6 dias que me cadastrei… [/edit]

[edit] É, não é livre… :([/edit]

Categorias
artigos ciência

Nature Precedings

A Nature Publishing Group acaba de lançar um serviço bastante promissor chamado Nature Precedings. Nele você pode publicar artigos, carregar apresentações, posters apresentados em congressos antes de submeter o trabalho efetivamente para uma revista especializada. É o espaço que faltava para expor idéias mais ousadas que não tem espaço no formato das revistas convencionais.

Nature Precedings

Ao enviar seu trabalho ele é checado para verificar sua seriedade, mas não é revisado (peer-review). A idéia é que as revisões e discussões aconteçam no próprio site. E não precisa se preocupar em ter a sua idéia genial roubada por alguém, pois os artigos recebem uma identificação digital (DOI) que permite que sua citação. O único cuidado a ser tomado é verificar se a revista que você pretende publicar o seu trabalho vai aceitá-lo se você colocar no Nature Precedings. Como muitas revistas exigem conteúdo original nunca antes disponível, as revistas podem encasquetar se você já tiver colocado suas idéias ou mesmo o artigo pré-revisão online.

A Nature anda investindo pesado nas mídias digitais para dinamizar a ciência. Além de contar com um site repleto de feeds, blogs e ainda ter seu podcast, ela lançou recentemente o Connotea (um gerenciador de referências online), o Nature Network (o myspace/orkut para cientistas) e o Scintilla (um agregador para filtrar e personalizar conteúdo para cientistas). Muitas ferramentas novas para experimentar! Agora, até a comunidade científica aderir a estas novas tendências digitais ainda vai demorar…

Só pra não deixar em branco gostaria de falar da revista PLoS One, que foi especialmente desenhada para otimizar a discussão dos artigos lá publicados. É possível fazer comentários, anotações específicas, ou começar uma discussão sobre o artigo. Tudo isso para dinamizar a ciência! Eu acho um modelo muito bom, as pessoas só precisam se acostumar a fazer isso… Ah, e como o acesso aos artigos é aberto qualquer pessoa pode fazer comentários, não precisa ser doutor ou sabichão em algum assunto. Já comentei sobre a PLoS nos desertores para quem se interessar mais.

Estou testando esses serviços novos e algum eu volto a falar sobre eles!